Carrinho

Combo Saúde do Intestino - PB2 Probióticos + Glutamina

Combo Saúde do Intestino - PB2 Probióticos + Glutamina

SKU
021495 e 021482

Combo Saúde do Intestino com PB2 Probióticos e Glutamina Micronizada com 15% de desconto!

 

O PB2 Probióticos possui 2 bilhões de microorganismos ativos por cápsula. O PB2® Probióticos contribui para o equilíbrio da flora intestinal.¹
Zero valor energético; sem açucares; sem lactose; zero sódio; zero colesterol.

 

Glutamina da linha Catarinense Nutrição é um suplemento alimentar que possui origem vegetal e é composto por 100% Glutamina micronizada pura em pó, com sabor neutro e livre de odor.

Em estoque
R$114,50 R$134,70
em até 3X de R$38,17 s/ juros
Itens do produto agrupado
Nome do produto Qtd
PB2 Probióticos 30 cápsulas
R$59,90
Glutamina 250g
R$74,80
Calcular Frete e Prazo

Informações PB2 Probióticos

O microbioma intestinal humano (anteriormente chamado de flora intestinal) é um ecossistema único, que apesar de estar localizado no tubo digestivo, exerce efeitos sistêmicos no organismo humano.

O papel da microbiota na saúde humana tem se tornado cada vez mais aparente, com efeitos na relação com a absorção de nutrientes, influência na manutenção da integridade da barreira do trato gastrointestinal (TGI) e no desenvolvimento da imunidade da mucosa.

O intestino de um adulto saudável é colonizado por mais de 800 espécies bacterianas. Entenda as suas diferenças:

Probiótico
A definição aceita internacionalmente para probióticos é que eles são microorganismos vivos, administrados em quantidades adequadas, que conferem benefícios à saúde do hospedeiro.

Prebiótico
Os prebióticos são ingredientes seletivos que constituem o "alimento" dos microrganismos vivos (probiótico) presente na microbiota gastrointestinal.

Simbiótico
O simbiótico, por sua vez, é aquele no qual um probiótico e um prebiótico estão combinados em forma de sinergismo.

O probiótico do Catarinense Nutrição é um produto SIMBIÓTICO, ou seja, 2 cepas de probióticos associado ao prebiótico FOS.

Os microorganismos considerados benéficos geralmente fermentam carboidratos, não produzem toxinas e podem proporcionar uma serie de potenciais benefícios para o hospedeiro, como a interação com o sistema imunológico e a inibição competitiva de patógenos. Esses micro-organismos incluem os gêneros Bifidobacterium, Eubacterium e
Lactobacillus.

O intestino delgado e o principal alvo de muitas infecções exógenas, como as causadas por rotavírus, Salmonella typhimurium e alguns tipos de Escherichia coli, geralmente contraídos a partir de agua ou alimentos contaminados.
Os probióticos mais frequentemente usados em alimentos são espécies dos gêneros Lactobacillus e Bifidobacterium.

Quantidade

30 cápsulas
 

Informações Glutamina

Finalidade do Uso

glutamina é o aminoácido livre mais abundante no organismo¹ ². Sua concentração plasmática é de 0,5 a 0,9 mmol/L, e aproximadamente 80% da glutamina corporal encontra-se no músculo esquelético, sendo esta concentração 30 vezes superior à do plasma ³,4 . A síntese de glutamina é feita a partir do ácido glutâmico, valina e isoleucina, sendo esta reação catalisada pela enzima glutamina sintetase na presença de ATP. 15, 16, 17

A glutamina está presente na composição de proteínas vegetais e animais; considerando-se a porcentagem da proteína pelo seu número de aminoácidos, verificou-se que a glutamina representa 35,1% da gliadina presente no trigo; 24,2% da proteína do feijão; 9,6% da glicina presente na soja; 8,9% da β-caseína presente no leite de vaca; e 3,8% do ovo albumina presente no ovo de galinha. 18 A glutamina é ativamente transportada para dentro das células através de um sistema dependente de sódio, resultando em gasto de energia. O transporte de glutamina através da membrana da célula muscular é rápido e sua velocidade superior à de todos os outros aminoácidos 10 .

O metabolismo intracelular da glutamina é regulado através de duas enzimas principais: a glutaminase, que catalisa a hidrólise da glutamina em glutamato e a glutamino-sintetase, que catalisa a síntese de glutamina a partir de glutamato e amônia 12 . As células epiteliais da mucosa intestinal têm alta concentração de glutaminase, compatível com as altas taxas de captação e consumo de glutamina 13 .

O fígado desempenha um papel central no metabolismo da glutamina, pois é capaz de absorver ou liberar quantidades significativas de glutamina de acordo com as necessidades metabólicas do organismo 14.

Recomendações de Uso

Diluir 1 dosador (5g) em 200 mL de água (1 copo) ao dia ou conforme recomendação do nutricionista ou médico. Pode ser adicionado à bebidas e alimentos de sua preferência.

Ingredientes

L-Glutamina. NÃO CONTÉM GLÚTEN.

Quantidade

250g

Número de Registro

Categoria de alimento dispensado de registro conforme Resolução RDC 27/2010

Escreva sua Própria Avaliação
Somente usuários cadastrados podem escrever avaliações. Por favor, faça seu login ou cadastre-se